E quando falta o 'borogodó'?!

em quarta-feira, 3 de junho de 2020

  E cá estou em mais um post desabafo, abrindo esse cubinho de gelo que chamo de coração para vocês. Mas admito, adoro esse tipo de post. Então, cheguem mais, sintam-se em casa, puxem uma cadeira e vamos conversar: vocês já sentiram que às vezes nos falta um 'borogodó' pra fazer algo?!
Metamorphya - E quando falta o 'borogodó'?
  Muitas coisas me levaram a escrever este texto. Aliás, muito das ideias de texto aleatórios que tenho surgem de conversas aleatórias que tenho com minhas amigas - obrigada por serem fonte de boa parte da minha criatividade. Mas o que quis dizer com faltar borogodó?

  Sabe, eu conheço pessoas incríveis com ideias brilhantes mas muitas vezes essas ideias não saem do papel. Eu sou uma prova viva de milhões de ideias engavetadas. Em compensação, há pessoas que não tem medo de ir lá e colocar a cara a tapa, se jogam mesmo e, parece que tudo o que fazem fica legal, com uma pegada toda estilosa e envolvente. E é isso o tal do borogodó. Essa coisa mística que o universo entregou à aquela pessoa que claro, além do esforço que ela tem e dedicação, ainda tem um 'quê' que a faz diferenciada!
Metamorphya - E quando falta o 'borogodó'?
  Deu pra entender?! Não metamorphyos, não é inveja, de verdade, confesso que até diria uma admiração por essas pessoas. Real.

  Porque esse borogodó está em tudo, em qualquer setor de nossas vidas. Parem para pensar e com certeza irão lembrar de alguma pessoa que se encaixe no que falei ali em cima. Conseguiu lembrar né?

  Esse post era pra falar mais disso mas, achei que poderia agregar algo nele que acho que está muito relacionado. Conversando com a Giovana outro dia - Gih, obrigada poder me dar a ideia deste post inteiro e me desbloquear <3 - precisamos falar um pouco sobre identidade também.

  Será que o nosso dia a dia vai consumindo de algum modo nossa identidade? Talvez. Eu lembro que adorava maquiagens coloridas. Realmente coloridas e diferentes para usar no dia a dia. Inclusive a Júlia me enviou essa foto essa de uns 8/9 anos atrás e olhem essa maquiagem colorido! Não estou falando da qualidade mas sim da coragem, autenticidade.
Metamorphya - E quando falta o 'borogodó'?
Eu, Bru, há uns 8/9 anos atrás.
  E não que hoje eu não faça mais isso, mas não com tamanha intensidade e por quê?! Não sei responder para vocês. Mas, houve uma fase da minha adolescência em que sentia muita vergonha de lado nerd/geek/otaku e que bobeira, hoje me jogo nele sem medo de ser julgada.

  Então vamos as considerações desse post: NÃO tenha medo de ser você - ok, tenha bom senso - mas não perca sua identidade, autenticidade por causa de terceiros. Não vale a pena se anular para se encaixar em padrões. Acredite, sempre haverão pessoas cruéis em qualquer lugar para julgarem. Se encontre em você mesmo metamorphyo, afinal nos conhecermos é uma jornada para toda a vida. Não tenha medo de ser único. E bom, acho que isso ajudará você a recobrar o seu borogodó.

  Fiz isso hoje. Eu não me recordava a última vez que não usava um batom sem ser o vermelho - apesar de amar e me sentir a pessoa mais poderosa da terra - mas, hoje arrisquei um batom azul metálico e um delineador azul, eu gosto, meu trabalho me permite isso então, por quê não o fazer?!
Metamorphya - E quando falta o 'borogodó'?
Eu, hoje... E até acho que o tempo me fez bem rsrsrs
  Sei também que tem gente que é mais corajosa - eu sou para muitas coisas, mas tantas outras me deixam apavoradas - e tem haver com zona de conforto, e também muito haver com quem você é. Uma dica que tenho praticado esses últimos dias: não tenha vergonha de se inspirar em pessoas próximas, e admirar a coragem delas, a identidade, o borogodó delas. Isso te dá forças. Não estou falando de ídolos grandes, mas de pessoas que você conhece, tão reais e gente como a gente que estão pertinho de você.

  Então, hoje não me faltou a coragem, o borogodó que eu achei que havia perdido para escrever. Hoje tive coragem de voltar aqui mesmo achando que já não sei escrever. Então, se joguem, afinal, isso tudo também tem haver com felicidade.

  E vocês metamorphyos? Como anda a identidade de vocês? E o borogodó da vida? Me contem!

Beijos,

Bru.

2 comentários:

  1. Precisando de borogodó porque por aqui anda faltando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falta nada, vc é cheia dele <3 Alias, vc pode achar que não mas vc inspira mt gente <3

      Excluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!



Topo