terça-feira, 10 de outubro de 2017

Rick e Morty - Fazendo seu Cérebro Derreter

Olá metamorphyos! Tenho certeza que se você vive no planeta Terra vocês já ouviram falar da animação sensação do momento: Rick e Morty. E se vocês não ouviram, bom, bem vindo de volta a Terra e vem comigo saber mais dessa animação!

 Com estreia em 2013, Rick e Morty foi criado por Justin Roiland e Dan Harmon e faz parte do Adult Swim. Sim, não tem desculpa aqui, é uma animação adulta que mistura muito sci-fi e comédia... Pesada, mas comédia. E se lá fora a animação já era conhecida, a entrada no catálogo da Netflix para nós ajudou bastante.

  O próprio nome já diz, nada mais nada menos, acompanhamos as aventuras do velho cientista Rick e seu neto Morty pela terra, pelo universo, ou pelas 'n' realidades pelas quais eles viajam. Mas vamos falar um pouquinho sobre essas duas figuras:

Rick/Morty
- Rick Sanchéz, o que dizer dele? Eu falei que Rick é meu lado de humor negro nesse post aqui, e ele é um cientista, um gênio que constrói diversas coisas incríveis e até mesmo é capaz de viajar por dimensões. Mas ele totalmente niilista, alcoólatra, sem noção e louco! Mas se você chegou aqui e assistiu todos os episódios das 3 temporadas, meus amigos metamorphyos, vocês irão ver Rick como um cara f-o-d-a e que sim, ainda possui humanidade ali dentro!

- Morty Smith, ah, o neto. Morty tem 14 anos, um adolescente típico, com todas as suas inseguranças e descobertas da puberdade, além de ser apegado a família, ter um belo amor platônico e ser o lado surtado com as coisas que acontecem na animação. Sinceramente, Morty é meio uma relação de amor e ódio que vaga de episódio para episódio.

  Os demais personagens também tem seu peso na história e acabam crescendo dentro da trama. Cada qual com seus próprios defeitos e qualidades e vemos como isso interfere na relação da família Sanchéz-Smith.
Não espere por momentos lindos e cheios de amorzinho, às vezes as coisas ficam sérias de verdade.
  Eu falei ali em cima que é uma animação adulta e bom, não deixem as crianças por perto. E também falei que seu cérebro iria derreter não é?! Pois bem, em três temporadas diversos assuntos são citados. Assuntos pesados que envolveram inúmeras polêmicas para a série, como por exemplo o episódio em que Morty quase é vítima de um estupro em um outro planeta. Sim: um adolescente, de menor quase foi violentado por um rei maluco alienígena. Mas ficou no quase. A animação não pesa em momento algum referências e humor negro. Apesar de na minha opinião a parte explícita ser muito maior para a violência do que os demais temas. Voltando para a linha cronológica, preste atenção em todos os episódios! Sim, todos! Afinal, há ligações entre eles, seja de citações, personagens ou flashback.
Summer num modo birl, afinal o Morty não é o único neto!
  Se você é uma pessoa moralmente correta ao extremo, essa é a animação que você deve passar longe. Mas se você se permitir a vê-la como um desenho e analisar alguns pontos, por mais bizarro que possa parecer, conseguimos tirar algumas mensagens. O próprio niilismo de Rick faz com que pensemos sobre a vida, sobre o peso das coisas nela. As 'aventuras' que eles realizam nos fazem refletir sobre as consequências que nossas atitudes trazem. Mas não tenha dúvidas que se eu não te convenci a ver esta animação até aqui, Pickle Rick irá te fazer querer entender essa loucura toda afinal ele irá me ajudar a apresentar algumas curiosidades da série para vocês:
- Pode parecer coincidência mas não é: Rick e Morty foram originalmente baseados em Doc e Mharti de De Volta para o Futuro.
Ops!
- Apesar da curiosidade acima e por viajarem entre dimensões, ainda não nos deparamos com uma viagem no tempo.

- Inspirações importantes são usadas para a criação dos episódios tais como Doctor Who, O Guia do Mochileiro das Galáxias, Simpsons, South Park, entre outros.

-  A voz original tanto de Rick quanto de Morty é feita por Justin Roiland, um dos seus criadores.
Sangue, sangue, sangue... Uma hora você suja suas mãos.
- O episódio do expurgo, baseado no filme "Uma Noite de Crime" foi produzido sem que nenhum dos dois criadores tivesse visto de fato o mesmo.

- A pegada sexual é bem pensada, usando e abusando das brechas sem que a justiça crie problemas. Assim inclui imagens sexuais com cores e texturas diferentes.

- A dedicação é tanta que todos os arrotos de Rick são reais.

- Sabe a parte científica? Entãoooo! Eles não pesquisam nadinha sobre para criar os episódios rsrsr
Todo Rick precisa do seu Morty mas...
  Vocês podem conferir as três temporadas no catálogo da Netflix e, fica dica que na versão legendadas as piadas e músicas ficam melhores. Ah sim, e se você assistiu, assim como eu, deve fazer parte daqueles que possuem alguma teoria maluca sobre Rick e Morty.
  E vocês metamorphyos? Já conheciam Rick E Morty? O que acharam? Ficaram curiosos? Animados para a quarta temporada? Esta que infelizmente ainda não tem data prevista para ser lançada... Mas me contem! Quais seus episódios preferidos?!

Beijos e até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!