quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Resenha: O Oceano no Fim do Caminho

   Olá, metamorphyos! Vamos para mais uma resenha com a nossa temática especial de outubro: terror. Vem comigo conhecer O Oceano no Fim do Caminho, de Neil Gaiman. <3

   Quem nunca se viu, quando criança, aterrorizado por medos que fugiam à qualquer raciocínio lógico? Quem nunca teve certeza de que todos os adultos estavam errados quando diziam que era tudo bobagem, quando só você enxergava a verdade? Neil Gaiman vai nos transportar diretamente para a nossa infância, para essa época em que as nossas aflições infantis eram facilmente descartadas pelos adultos.

   Narrado em primeira pessoa, primeiramente pela versão adulta, um homem de meia idade retornando à sua cidade natal, e, ao longo da história, pela sua versão menino de sete anos, um protagonista inocente, impressionado, assustado e corajoso. 

"Adultos seguem caminhos.
Crianças exploram."

    Eu adoro quando o autor consegue trazer uma perspectiva com a qual não estamos acostumados. Em se tratando de um período da infância em que a imaginação flui e o real se confunde com os sonhos em uma confusão que desafia os limites do nosso bom senso, somos convidados a vivenciar essa aventura fantasiosa junto com o Menino. Observamos pequenos detalhes tão sérios, tão graves, tão horríveis da vida adulta por seus olhos que não conseguem ver a malícia por trás de cada negligência.


   Tudo começa quando, passando por algumas dificuldades financeiras, a família do protagonista coloca um quartinho da casa para alugar e acolhe um homem. Numa noite, esse homem rouba o carro da família e é encontrado em um local deserto dentro do veículo. Morto. O suicídio, o choque, o medo... e as consequências desse ato transformam para sempre a vida do nosso menino.


"E não era mar. Era oceano. O oceano de Lettie Hempstock.
Lembrei-me disso e, ao lembrar, lembrei-me de tudo."

   Sempre solitário, com uma irmã mais velha que não tem muita paciência para os devaneios infantis dele, o Menino acaba conhecendo Lettie, uma vizinha do fim da rua. Lettie é diferente, meio doidinha e muito conhecedora das coisas. Ela vai mostrar ao Menino um mundo que mais ninguém consegue ver, um mundo onde a maldade reside e espreita para sair. Uma maldade que se alimenta dos anseios e desesperos mundanos. Dinheiro, problemas de adultos.


   Metamorphyos, se vocês nunca tiveram contato com o tio Gaiman, fica o alerta: se você não viajar na maionese junto com ele não vai dar certo. Ele adora significados ocultos, mensagens nas entrelinhas e muitas, muitas interpretações para a história. O que eu entendi do livro provavelmente não será o que você entenderá e assim por diante. Tudo é a nível bem psicológico e depende das nossas próprias impressões.

"Eu me lembro perfeitamente da minha infância... Eu sabia de coisas terríveis.
Mas tinha consciência de que não deveria deixar que os adultos descobrissem que
eu sabia. Eles ficariam horrorizados."

   Porém, apesar de tudo parecer bem louco, O Oceano no Fim do Caminho é um dos trabalhos mais recentes do autor, em uma fase uma pouco mais séria. Os assuntos tratados aqui são tristes e muito reais. Pode ser que tudo não passe de imaginação fértil das crianças da história. Pode ser que os eventos fantásticos sejam verdadeiros. Ou pode ser, ainda, fruto de uma mente infantil tentando se proteger da dura realidade.

   O Oceano no Fim do Caminho é um livro curtinho, porém denso. Engraçado que ele me provocou inúmeras emoções enquanto eu lia, e espero que o mesmo aconteça com vocês. Existem algumas teorias para explicar certos pontos do livro mas não vou abordá-las aqui por conta dos spoilers. Porém, sintam-se livres para discuti-las comigo nos comentários caso já tenham lido!

O Oceano no Fim do Caminho (The Ocean at the End of the Lane)
Autor: Neil Gaiman | Ano: 2013 | Páginas: 208
Skoob


   Aguardo os comentários de vocês! Me contem se já leram e o que acharam, se pretendem ler, se gostam do Neil Gaiman... e até a próxima resenha! <3

Beijos!


2 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Eu gostei muito da resenha, o nome é a capa já me chamaram muito a atenção é o fato dele não ser tão longo ja me agrada muito!

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, adoro ler e adoro livros recomendados. Adorei a resenha, achei bem interessante a narrativa. Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!