domingo, 22 de outubro de 2017

Assisti: Jogo Perigoso

   Olá, metamorphyos! Como vocês estão? No mês de outubro não poderia faltar uma resenha de um filme de terror, não é mesmo? Eu trouxe para vocês Jogo Perigoso, a mais nova adaptação do gênero da Netflix. Vem conferir!

   Jogo Perigoso, ou Gerald's Game no título original, é um filme de 2017 original Netflix, adaptado do livro homônimo Jogo Perigoso, de Stephen King.

   As apostas em cima do autor estão altas e vários de seus livros estão ganhando adaptações, além de diversos outros filmes que já se consagraram clássicos do terror, como Carrie, a Estranha e O Iluminado e também são baseados nas criações do SK.

   A história retrata um casal em crise que decide ir para uma casa num lugar lindo e remoto para não serem incomodados e poderem resolver as pendências.

   Mas vamos falar desse casal! Jessie (Carla Gugino) e Gerald (Bruce Greenwood) são, basicamente, os únicos personagens do filme. Temos alguns outros secundários que aparecem em memórias de Jessie e, obviamente, não podemos nos esquecer do cachorro, mas tudo está relacionado ao casal.

   Jessie é uma mulher submissa, pronta para agradar o marido, que é mais velho que ela, um advogado bem sucedido e um tanto misterioso. Jessie não enxerga a verdadeira natureza do marido (o pior cego é aquele que não quer ver) e mente para si mesma que conhece o homem com quem se casou.
Safadinho!
   Mas Jessie não é burra. No fundo ela sabe que suas desconfianças a afastaram de Gerald. Então ele propõe esse final de semana de descanso para tentar reacender o fogo da paixão. Jessie topa, imagina algumas brincadeiras e perversões, mas o marido acaba elevando isso para outro nível e a prende na cama com duas algemas, daquelas com trava de segurança e tudo.

   Gerald é dependente de Viagra para... vocês sabem, e após abusar dos azuizinhos e de uma discussão com Jessie enquanto ela está algemada, sofre um infarto fulminante e cai mortinho em cima dela.
Heeeeeeelp!
   Aí sim o filme vai começar, metamorphyos. Dica: reparem em tudo. Fãs que já conhecem as obras do Stephen King vão se deparar com algumas referências, especialmente ao Cujo, o cachorro, um dos livros mais famosos do rei do terror. 

Cachorro mau!
   É uma situação de extrema tensão e aflição. Não vou dizer pra vocês que senti medo, mas fiquei sim muito agoniada e nervosa em várias cenas. O desespero de Jessie, algemada a uma cama em um lugar distante sem nenhum vizinho, sem nenhuma ajuda, com o cadáver do marido apodrecendo, é terrível de assistir. Soma-se à isso vê-la sofrer com dores pela posição em que está presa, fome, sede, sono... e alguns extras que deixo pra vocês descobrirem.

   Eu achei a conclusão interessante e angustiante, mas acho que poderia ter terminado antes do final propriamente dito. Acredito que, quando assistirem, vocês saberão do que estou falando.
Que situação, hein, Jessie?

   Espero que tenham gostado da indicação! Me contem nos comentários o que acharam!

Beijos e até a próxima!

5 comentários:

  1. Eu havia visto o trailer e já achei mega enigmático, mas essa indicação me deixou ainda mais curiosa a respeito! Preciso ver! hahaha

    ResponderExcluir
  2. Parando de assistir A Fazenda agora mesmo para assistir esse filme, parece maravilhoso!!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que agonia, só de ler já fiquei tensa, imaginando a situação.
    Não sei se assistiria, não vejo muito esse tipo de filme, mas gostei da forma como descreveu, me senti como se assistisse o filme enquanto lia.

    Beijos
    Blog Vic Israel / Facebook / Instagram

    ResponderExcluir
  4. Vi o trailer e fiquei um pouco aflita, fui ler algumas resenhas sobre o livro para ter uma noção da história e cheguei a conclusão que é algo interessante, mas não é pra mim.

    ResponderExcluir
  5. Eu havia visto esse filme disponível na Netflix e fiquei com muita vontade de assistir, pois amo as histórias de SK. Será o filme escolhido para a sessão pipoca do final de semana ❤️

    ResponderExcluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!