terça-feira, 25 de abril de 2017

Resenha: Girlboss - 1ª Temporada

   Olá, metamorphyos! Hoje é o post é #girlpower porque eu assisti a nova série da Netflix, Girlboss, e vim contar pra vocês o que achei! Deixa a série carregando, pega a pipoca e vem conhecer a Nasty Gal!



   Girlboss é uma dramédia original Netflix de 13 episódios, com duração média de 25 minutos cada, que conta as loucuras de Sophia, uma jovem meio sem rumo e louca com sérios problemas com autoridade. Sophia está tentando descobrir o sentido da vida e descobre seu verdadeiro talento em vender roupas vintage usadas pelo eBay, através da loja Nasty Gal (. Basicamente, garimpar brechós e vender na internet pelo dobro, triplo do preço que pagou.


   Até aí nada atraente, eu pensei. Não sou muito do gênero comédia, mas vamos dar uma chance. Primeiramente quero falar pra vocês da trilha sonora dessa série: absurda. Quando percebi já estava emendando um episódio no outro embalada pelas músicas perfeitamente escolhidas. Eu também presto muita atenção na estética, e esse foi outro ponto que me convenceu a assistir ao segundo episódio: o estilo vintage anos 70/80 que Sophia usa, além de vários elementos na produção da série mostram o cuidado que a Netflix teve com o conjunto visual da obra. Tudo é extremamente convincente, nostálgico e lindo

Fonte.
"Não há nenhuma chance de alguém como você 
ganhar a vida assim."

   Mas só isso não basta, e a série sabe disso. Sophia é extremamente carismática - ame-a ou a odeie - e engraçada. Seus discursos são poderosos, independentes e autênticos. Vamos acompanhá-la pelos sucessos, pelas falhas (muitas falhas) e superações. Estas, aliás, são a cereja do bolo e fazem valer cada episódio. Sophia prova que consegue, mesmo diante das dúvidas e reprovações de todos à sua volta, e que não é só uma garotinha rebelde sem juízo. Ok, um pouco sem juízo.

"Eu só preciso achar um jeito de crescer sem me tornar uma adulta chata."
   O primeiro discurso de Sophia é um dos melhores, onde, revoltada, questiona o papel da sociedade e as responsabilidades da vida adulta. É uma declaração para o mundo de que ela não se encaixa, e não quer se encaixar. 

"A sociedade só quer colocar todo mundo em uma caixa. 
Bom, sabe de uma coisa, sociedade? Não existe caixa."

   Bom, particularmente eu achei a personagem muito irritante e infantil, mas gostei muito de ver uma evolução no decorrer dos episódios e admiro a coragem, ousadia e independência dela. Algumas coisas me incomodaram, sim, como, por exemplo, a quantidade de furtos! Sério, no mínimo um por episódio nos cinco ou seis primeiros! 
   Se a série fosse maior eu também reclamaria sobre a superficialidade total de alguns personagens, mas vou relevar porque o tempo é curtinho e a história, no geral, foi muito bem contada.

"Sou uma garota. E isso não deveria ser ruim. Garotas são colaborativas, 
compreensivas, trabalhadoras. Garotas são demais."

Fonte.
   Preciso falar também da lição de feminismo que a série traz. Não, não tem nada militante aqui! Tudo é pautado na ideia de "nós podemos", mesmo sendo mulheres, apesar de sermos mulheres e justamente por sermos mulheres. Sem vitimismo, sem discurso de ódio, só poder e amor próprio.

   Outro ponto em que a série mais do que acertou foi nas cenas de amizade entre Sophia, Annie, Dax e Nathan. O que seria da girlboss sem eles? São vários momentos lindos e emocionantes, que nos fazem desejar (e agradecer) por termos amigos assim. Ah, e as cenas com o RuPaul são ótimas!


RuPaul
   Ah! Só uma curiosidade, a Nasty Gal realmente existe e já tem 10 anos, mas em 2016 a marca sofreu um processo de falência e foi comprada por um grupo econômico chamado BooHoo, que manteve o nome, portfólio e site de vendas.

Por que assistir?

  Além da diversão certa, a história traz uma enorme mensagem de força e persistência. Sophia precisa lidar com adversidades da vida pessoal e profissional que poderiam tê-la feito desistir em qualquer momento, desde a descrença do pai (e de todos) até sabotagem. Tudo é tratado de forma leve e criativa, mas a mensagem está lá: não desista. Às vezes tudo que precisamos é encarar a vida com um pouco de loucura. Comecei a assistir pouco convencida e terminei encantada por mais uma aposta certa da Netflix. Não é só uma série de moda, ainda bem!



40 comentários:

  1. ainda nao vi mas parece ser otima vi muita gente falando dessa serie
    http://dose-of-poetry.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla! A série é bem divertida sim!
      Obrigada pelo comentário! <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Desde que vi o trailer eu fiquei com muita vontade de assistir por falar de moda e vintage ainda mais! Vi muita gente reclamando e dizendo que parou de ver na metade por conta que não gostou da personagem principal e isso me fez dar uma adiada em assistir mas depois dos seus comentários, acho que nesse final de semana mesmo eu vou maratonar.
    Agenda Aleatória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, a Sophia é irritante sim e eu tive vontade de bater nela várias vezes, mas outros personagens e as situações que acontecem na série fazem valer a pena. Adoro a Annie! <3

      Obrigada pelo comentário e boa maratona! rs

      Beijos!

      Excluir
  3. Estou louca para assistir a série, mas ainda não tive tempo. Estou animada para ver logo (:

    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste, menina! Os episódios são curtinhos, quando eu dei por mim tava no final já, rsrs!

      Beijos! <3

      Excluir
  4. Já estava afim de assistir, depois da sua resenha, adicionei na minha lista e vou começar hoje!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle! Adorei a empolgação hahah, isso aí! Espero que goste!

      Beijos!

      Excluir
  5. Esse seriado tem a ver com o livro, né? Esses dias me deparei com ele pelo Netflix e, depois disso, só o que vi foram resenhas e mais resenhas uaiheiahue. Parece ser interessante e, justamente pelo que citou da estética, eu também me prenderia. A atriz principal não é das minhas preferidas, mas fui dar uma olhada num trailer e gostei bastante do papel dela. Acho que combinou rs ♥ Tenho que ver e tirar minhas conclusões, mas concordo também quanto ao feminismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Kelly! A série é baseada no livro, escrito pela própria Sophia Amoruso. Confesso que não li, não sou tão fã assim do gênero, mas a série é bem cativante e divertida!

      Beijos e obrigada pelo comentário! <3

      Excluir
  6. Olá
    Adorei sua resenha e já estou morrendo de vontade de assistir,apesar de não gostar muito de séries assim ,a sua resenha me convenceu !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivia, eu também não sou a maior fã do gênero, mas é legal sair do tradicional às vezes! Melhor ainda quando nos surpreendemos com algo bom, rs.

      Beijos e obrigada!

      Excluir
  7. Não achei a série tudo isso. Minha personagem favorita é a Annie, a Sophia me irritou muito, mas depois do episódio 10 gostei muito do desenvolvimento da personagem. Acho que o ponto forte da série é servir de incentivo para corrermos atrás dos nossos sonhos e que sozinhas não vamos muito longe. E é claro crescer é preciso.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, essa mensagem da série sobre maturidade, ousadia, persistência é muito boa. A Sophia é extremamente irritante, apesar de eu sentir pena dela em várias situações, e a Annie é um xodózinho! <3

      Beijos!

      Excluir
  8. Olá. Amei o seu blog. Estou simplesmente louca para assistir Girlboss, pois amo comédias e comédias ligadas a moda e estilo... Para mim não tem como dar errado. Adorei a sua resenha, só me deixou com mais vontade de assistir.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor! Obrigada!! A série é ótima pra descontrair, dar umas risadas e pensar um pouquinho também, porque a lição que ela traz é bem legal.

      Beijos!

      Excluir
  9. Ótimo post. Excelente conteúdo. Amei as dicas

    ResponderExcluir
  10. Não sei se sabe mas a série baseada no livro Girl Boss, que por sinal estou louca para ler e foi escrito pela própria Sophia. Parece ser muito legal mesmo, adorei sua resenha! ♥ bjs
    www.blogdoce18.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anny! Pois é, é baseada no livro que a Sophia escreveu sim, mas eu não li. Geralmente eu nem gosto de comédia, dei uma chance pra Girlboss e gostei bastante, rs.

      Beijos e obrigada pelo comentário! <3

      Excluir
  11. Olá! Assim que vi o trailer da série, me interessei. Gostei bastante da sua resenha, da uma ideia do que esperar da série.
    Esta já estava na minha lista. Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayla! Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado!

      Beijos!

      Excluir
  12. Ainda não vi a série mas fiquei curiosa! As opiniões divergentes bastante. Ainda bem que dá uma nota altinha 😋

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanda! Sim, a série merece a nota porque tem muitos pontos altos, cenas ótimas e é rapidinha, sem enrolação. Conseguiram transmitir todo o necessário, rs.

      Beijos e obrigada por comentar aqui! <3

      Excluir
  13. Miga fizemos a mesma resenha mais com pontos totais diferentes, e eu também AMEI de paixão essa trilha sonora, absurda né?



    Beijos,
    Amanda.

    • http://explorar-te.blogspot.com/ •

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que trilha sonora, menina! É uma coisa que eu sempre presto atenção em filmes e séries e essa tá de parabéns, rs.

      É tão legal ter opiniões diferentes e acabarmos concordando, né? Adoro isso =)

      Beijos e obrigada!

      Excluir
  14. Fiquei atenta à série por causa da Britt Robertson (intérprete da Sophia), que é noiva do Dylan O'brien (mozão). Adorei a atuação dela em 'The First Time', e tava louca pra ver a série! Amo moda e essa vibe anos 70 - que inclusive você citou! -, e também fico super atenta à trilha sonora. Amei o post e com certeza esse feriadinho vou assistir!
    Beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália! Muito obrigada! Assiste sim, quando você perceber já vai ter maratonado tudo, rs.

      Beijos! <3

      Excluir
  15. Netflix sempre apostando nas histórias certas e nos deixando cada dia mais viciados nela! ehehe
    Adorei a resenha, particularmente eu vi toda a movimentação acerca da série, mas como não conhecia sequer o livro, fiquei aérea no assunto. Gostei do enredo e você me convenceu a assistir!!! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida! Eu confesso que não li o livro e nem achei que fosse gostar da série a princípio, mas me surpreendi bastante. A Netflix sempre sabe nos agradar, né?

      Obrigada, viu? Beijos!

      Excluir
  16. Estava esitando ver essa série!! Sua resenha me abriu a menta pra ela e clarooo,que vou assistir....Adoro séries que mostram a força de vontade, persistência das pessoas, mesmo diante de todas as dificuldades...Parabéns pelo post, beijO

    www.maesvaidosas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor, obrigada! Também gosto muito de histórias com alguma mensagem positiva!

      Beijos!

      Excluir
  17. Eu assisti os primeiros episódios da série e achei muito viciante. Ainda estou tentando decidir se gosto ou não da Sophia. Ela tem uma personalidade muito forte, coragem para fazer o que os outros não tem, mas ao mesmo tempo é prepotente, mal educada, infantil, irresponsável e indisciplinada(percebemos isso pelo comportamento dela no emprego de vendedora do qual é demitida). Chega até a ser engraçado e cai muito bem para a série. Mas quando pensamos que a personagem é baseada em uma pessoa real, penso que aí reside o problema. Porque no mundo real não podemos tratar as pessoas como ela trata, sem um pingo de respeito, como se precisasse pisar no outro para se sentir melhor. Mas uma coisa é inegável: a sophia é muito girl power e em muitos dos seus discursos, sobre vida, trabalho, crescer até penso parecido com ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você disse tudo, a Sophia é MUITO infantil e o jeito que ela age com os compromissos dela e com as pessoas... nossa, que raiva. Mas o lado positivo dela também é muito bom, adoro essa ousadia, essa coragem que ela tem de enfrentar tudo e todos pelo que acredita.

      Obrigada pelo comentário e pela contribuição! <3

      Excluir
  18. Oi Bruna, tudo bem? Tenho visto muitas indicações de Girl Boss pela internet, quando não é a série é o livro. Inclusive já me indicaram a leitura. Confesso que ainda não assisti a série no Netflix, mas pelo enredo é possível perceber que ela chegou onde chegou devido ao talento, esforço e claro criatividade. É muito bom ver que existem mulheres de sucesso, que lutaram por seus sonhos e fizeram a diferença na sociedade em que vivem. Gostei muito dos quotes que você mostrou, já salvei aqui. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érika! Obrigada! Adoro histórias com mulheres fortes, decididas! Você vai gostar também! <3

      Beijos!

      Excluir
  19. Comecei a assistir essa série quando ela foi lançada mas ainda não terminei por algum motivo que até eu desconheço. Gostei bastante dos episódios e achei a série bem inspiradora (tirando a parte da Sophia fazendo muita coisa errada).
    Adorei a resenha aliás, me fez ficar com vontade de voltar a assistir a série agora mesmo.

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hhahah que bom que te despertou a vontade de continuar assistindo! Rola uma progressão considerável nos últimos episódios e a história é muito bem contada. Vale a pena terminar!

      Beijos e obrigada! <3

      Excluir
  20. Estava com muita vontade de ver essa série e agora estou mais ainda, por causa da sua resenha. Comecei a assistir o primeiro episódio e gostei bastante do discurso da Sophia, porém muitas pessoas reclamaram sobre o jeito de ser da personagem, mas preciso assistir para dar minha opinião. De qualquer forma, tenho certeza de que irei gostar, mesmo que tenha alguns pontos negativos e, portanto, parabéns pela resenha. E pelo blog incrível, amei o layout.

    Rascunhos de Tom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querido! Obrigada por tudo, pelos elogios lindos! <3
      A Sophia é bem complicada mesmo, a personalidade dela não agradou muito, mas ela também é uma mulher forte, decidida e eu adoro os discursos dela. Você precisa assistir pra dar a sua opinião sim!

      Beijos! <3

      Excluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!