sexta-feira, 14 de abril de 2017

E-books - Prós e Contras

  Olá, metamorphyos! Hoje trouxe aqui para vocês um debate meio controverso entre os amantes literários: e-book ou livro físico? O que é melhor? Quais as vantagens e desvantagens? Vale a pena investir em um e-reader? Vem comigo para a gente esclarecer essas questões!



  Muito se discute sobre esse assunto e nunca se chega a um consenso: qual dos dois, entre e-book e livro é melhor? A verdade é que não existe uma resposta certa, e sim um que atenda melhor ao seu propósito, gosto e objetivo. Pessoalmente, eu uso e amo os dois e vou listar para vocês as principais diferenças e o melhor e pior de um e-book, em comparação com os livros físicos.

  
- E-book:

  Os e-books são as versões digitais dos livros físicos, geralmente vendidos pelas mesmas livrarias, e possuem formatos (extensões) variados: ePub, MOBI e PDF são os mais comuns. É bastante comum encontrar também livros só disponíveis em versão digital, seja pelo custo de fabricação dos livros físicos, seja pela distribuição gratuita de algum material ou pelo pouco alcance que certo autor teria nas vendas de exemplares, sendo opção da editora investir, inicialmente, em e-books.

- Diferenças entre as extensões:

  Eu já apresentei para vocês as três extensões mais comuns de e-books, e você deve estar se perguntando qual a diferença. Basicamente, o formato vai depender do gadget que você escolher para ler esse arquivo, pois nem todo aparelho ou software vai suportar todas as extensões do e-book. 

  O mais comum de todos é o PDF, que é como uma foto da página inteira, muito usado em artigos acadêmicos, livros convertidos para leitura em computadores e notebooks. Os novos modelos de e-readers (leitores de e-books) já comportam conversões de .pdf, mas costuma ficar muito estranho e com tamanho distorcido, por conta do tamanho da tela.

  O formato ePub tem diversas funcionalidades, como aumentar o tamanho da fonte e as dimensões das páginas para melhor adaptação, dependendo da plataforma de acesso ao arquivo. Esse formato vem sendo adotado como padrão por várias empresas fabricantes de e-readers, como a Apple (iPad), Kobo, LEV (Saraiva), além de ser possível sua leitura por aplicativos para smartphone e Windows.

  Já o MOBI é a extensão exclusiva do Kindle, da Amazon. Alguns outros e-readers o aceitam, mas o Kindle só aceita ele e PDF, bem como outros arquivos de texto como .TXT, .DOC e .RTF. Acompanha aqui que falarei melhor do Kindle em outro post!


- Vantagens:

Vamos à algumas vantagens de se optar pelos e-books:
  • Leve, prático e fácil de carregar. Diferente de alguns livros que não cabem na bolsa, pesam, ou pior ainda, podem rasgar, sujar, entre outros pesadelos, o e-reader é levíssimo, pequeno e pode te acompanhar em qualquer canto;
  • Custo. Os e-books costumam ser bem mais baratos que os livros físicos. É preciso um investimento inicial para comprar o e-reader, mas depois disso há uma boa diferença de preços. Você ainda pode ler no smartphone ou no seu tablet, computador, notebook sem precisar investir num novo gadget. Ah, não recomendo o apelo de conseguir e-books pela Internet sem custo. Além de não dar suporte ao autor, muitos vêm com erros grosseiros, partes faltando e outros contratempos. Sempre valorize o original.
  • Ferramentas de otimização. Os e-readers vêm com ferramentas de otimização de leitura que fazem toda a diferença, como a possibilidade de marcar trechos do livro, páginas, fazer suas anotações pessoais sobre o assunto, etc, além de poder aumentar o tamanho do texto, consultar dicionário para alguma palavra selecionada e até mesmo encontrar sua tradução.
  • MUITO espaço. Em comparação com a nossa estante, que vive faltando espaço, nos e-readers sobra. A memória para armazenamento deles é fantástica e você pode entupí-los com seus e-books sem medo.
  • Desempenho e baixo consumo de bateria dos e-readers. Para a leitura, o desempenho deles é ótimo, leve, fluido. Para outras coisas... não. Eles foram feitos para rodar extensões de texto, e é isso aí. A duração da bateria é ótima, tornando-os super econômicos.
- Desvantagens:

Como não poderia faltar, as desvantagens dos e-books são variadas:
  • Catálogo reduzido. Nem todo livro se encontra disponível em versão digital. Algumas editoras, inclusive, simplesmente não trabalham com esse sistema, ou só disponibilizam pouquíssimos títulos, como a Darkside, por exemplo.
  • Preço do e-reader. Eu disse que você pode ler os e-books no seu smartphone, tablet ou computador, mas não é o ideal. A melhor experiência, sem dúvidas, é com o e-reader, e eles não são baratinhos.
  • Leitura mais demorada. Ok, isso é uma questão pessoal, mas geralmente a leitura se torna um pouco mais cansativa e lenta, especialmente porque o e-reader não reproduzir uma página inteira do livro, variando conforme sua escolha de tamanho de fonte e dimensões. Então é possível, por exemplo, ler o dobro de telas do que você leria de páginas.
  • Nada substitui o bom e velho cheirinho de livro. Outra questão pessoal, mas é um fato: ter o livro em mãos é uma experiência sem comparação.
  Só para esclarecer e, os e-readers NÃO funcionam como tablets, com luz embutida. Existem versões com luz, como o Kindle Paperwhite, mas é completamente diferente. A tela é fosca e imita uma folha de papel, tornando a experiência muito mais confortável aos nossos olhos.



Os e-books são o futuro? O que acontecerá com os livros físicos?

  Sim e não. A chegada da televisão não acabou com o rádio, nem a Internet acabou com o jornal. Os e-books são ótimos, sim, mas ainda estão longe de terem tanto alcance e acessibilidade. A mídia digital é um fato e não tem por que repudir o seu uso. Na verdade, devemos tirar proveito do que ela tem de melhor para oferecer, mas tendo em mente que não é a intenção substituir uma coisa pela outra, e sim aproveitar ambas.

  A sua escolha deverá ter em mente seus gostos - algumas pessoas simplesmente não se adaptam ao conteúdo digital, e não tem nada de errado nisso, e não há por que utilizar somente um dos tipos. Eu adoro levar meu Kindle para passear, por exemplo, mas não troco meus livros por nada! 

  Vocês já usam e-books? Já tiveram alguma experiência com eles? O que acham? Contem para a gente! Espero ter esclarecido alguns pontos e ajudado vocês a entender melhor essa era digital dos livros!

Beijos e até a próxima!

15 comentários:

  1. Esclarecedora a comparação. Sem dúvida são coisas distintas, apesar do conteúdo ser o mesmo, o livro, mas ainda opto pelo velho e bom livro de papel, com aquele cheirinho incomparável, sua textura, peso e capa lisinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada se compara ao cheirinho de livro! <3
      Obrigada!

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá! Achei muito bom o post, só tenho duas ressalvas pra te fazer:

    1 - o formato padrão do kindle é AZW3 e não Mobi, o Mobi é apenas um dos formatos que ele comporta, pega um arquivo original da amazon e olha a extensão do arquivo >.o

    2 - Essa é uma visão pessoal minha - Eu acho que com o Kindle leio muitíssimo maia rápido do que livros físicos, essa "escuridão" de ter apenas uma percentagem e não saber exatamente quantas páginas faltam me motiva muito mais que olhar onde estou e querer desistir porque tenho visualmente o quanto ainda falta.

    Só isso, na verdade era apenas um toque e uma opinião, eu amo o meu kindle, e amo os físicos também, é sempre bom contar com ambos para aquelas horas em que se está lendo livros pesados e levar eles por aí fica complicado, como eu que estou lendo "A fúria dos Reis" e "It" kkkkk imagina levar esses monstros por aí!

    Bjus!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lila! Você tem total razão sobre o formato MOBI. Eu o citei, e não o AZW3, porque ele é um formato mais encontrado para download de ebooks, e ele é um formato comprado pela Amazon. Mas você está certa, rs.

      Eu também amo os dois tipos de mídia, e o ritmo de leitura é algo muito pessoal mesmo. Eu gosto de marcar por páginas, aí a porcentagem me desanima muito, rs, mas amo.

      Obrigada pelo toque.

      Beijos!

      Excluir
  3. Oie!!
    Adoro esses tipos de debates, eles sempre me agregam algo.
    Eu acho que vou ficar com o livro físico porque sei lá... o cheirinho de livro novo, poder pegar, abrir e fechar, mesmo às vezes sendo pesado...
    euu só uso e-book mesmo quando estou viajando, mas prefiro o livro físico.
    Pode parecer estranho, mas por mais que o kindle seja muito mais prático, meus olhos preferem os livros em papel.
    Adorei o post!
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil largar nossos livrinhos, né? <3 Tem algo especial em sentir as páginas, o cheiro...
      Mas é muito bom ter um e-reader também, é bem prático. Eu adoro os dois, rs.
      Obrigada pela visitinha!

      Beijo!

      Excluir
  4. Eu uso os dois. Mas prefiro mil vezes livros fisicos. So por ter o prazer de segurar o livro e sentir seu cheirinho rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana! Também uso os dois, mas não dispenso minha coleção de físicos! <3 Continuo sendo a louca das promoções de livros, rs.

      Beijos!

      Excluir
  5. Oie amei o seu post, te confesso que não sabia de nada disso, tenho costume de ler através de pdf no computador ou pelo app Wattpad no celular.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana! Eu também lia pelo computador, mas a luz da tela me incomoda muito depois de um tempo. Nisso os e-readers são muito superiores porque não agridem nossa visão. =)
      Obrigada pelo comentário! <3

      Beijos!

      Excluir
  6. Eu adoro a ideia de existirem e-books, mas eu confesso que acho mais interessante quando é lido nos leitores próprios pra isso. Acho que no celular ou tablet as distrações são mais recorrentes. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erick! Verdade, né? No celular eu não consigo, a luz incomoda muito. Os e-readers são bem melhores nisso e bem práticos.
      Obrigada pelo comentário! <3

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi meninas, tudo bem? Esse assunto rende muita conversa, tanto por parte de quem defende e-books quanto por aqueles que defendem livros físicos. Particularmente acredito que toda leitura é válida, sendo no computador, no celular ou mesmo no kindle. Porém sinto um pouco de dificuldade em manter a leitura pois perco o foco muito rápido devido as redes sociais, snap, etc. Por esse motivo as vezes prefiro livro físico, ele prende mais minha atenção rs Sempre terão defensores para ambos os lados, mas o amor pela leitura deve prevalecer concordam? Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erika! Concordo totalmente com você, acima de tudo o que tem que prevalecer é o amor pela leitura, seja no formato que for. Eu não abro mão de ter minha amada coleção de livros físicos, mas também adoro meu Kindle. O importante é ler, rs.

      Beijos! <3

      Excluir
  8. Eu gosto dos e-readers e dos e-books. Atualmente, mais do que livros físicos. São práticos e leves. Livros em versão digital, realmente leva o custo lá para baixo e facilita para os autores que não possuem dinheiro para investir numa tiragem. Na verdade, qualquer um consegue montar um e-book e distribuir atualmente. Tenho um Kindle e tenho dificuldades para ler os pdfs porque ficam pequenos e quando amplia, dá um trabalhinho. Prefiro os originais para o aparelho. Bjs.

    ResponderExcluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!