sexta-feira, 28 de abril de 2017

#5 - Por Sermos Amigas

  Olá metamorphyos! Tudo bem com vocês?! Hoje é dia de post do desafio imagem/palavra do  Grupo Café com Blog e trago para vocês a continuação da história da Mel. Então, sem mais delongas, vem conferir o texto aonde apresento uma nova personagem que acho que irão adorar!



  Se vocês quiserem conferir as partes anteriores dessa história podem conferir aqui, aqui e aqui! E para ler o post de hoje, dá o play na música abaixo ^^


  Me espreguicei enquanto via o upload da matéria que havia finalizado. Estava tão entretida com o que fazia que mal vi o dia passar. Na verdade nem sequer havia almoçado, passei o dia todo beliscando bolachinhas e copos de chá.

  Enquanto o fazia vi a notificação de mensagens subir no canto inferior da minha tela:

"Vai me contar o que aconteceu? Por que sumiu assim?!"

  Era Lisa. Não havia porque de mentir para ela afinal, ela também sempre foi presente mesmo algumas vezes estando longe e nem me recordo mais há quantos anos somos amigas. Nós quatro éramos inseparáveis e quando Dante se foi ela ainda continuou. Aquela amiga de choros e risos, que puxava minha orelha, que jurou me matar novamente quando eu quase morri, que entendia o peso que ele possuía em minha vida...

"Estive com ele miga... Você tem algo marcado para agora de noite? Sessão pipoca?" - respondi sua mensagem enquanto respirava fundo. Nesse momento me ocorreu um pensamento um pouquinho doloroso: sábado de noite e Dante nem sequer deu sinal de vida e... Chacoalhei a cabeça negativamente e sorri, nós não éramos nada além de amigos, como sempre, dessa vez não seria diferente. Fitei a tela do comutador novamente e vi que Lisa estava digitando algo.

"Ok! Vou ver na minha agenda super atarefada aqui e te falo...
 rsrs claro que não tenho nenhum programa! Vou tomar um
banho e vou praí. Levo as coisas dessa vez!"

   Lisa era incrível, não me recordo de vê-la triste durante esses anos todos, era uma mulher de garra e fibra e que fazia tudo para arrancar sorrisos das pessoas, que sabia dosar a bronca e o carinho. E entre esses dois ela nunca mais deixou que se passasse muito tempo sem que eu desse notícias depois daquele dia. Nessa nostalgia toda que eu me encontrava me lembrei que possuía uma caixa cheia de fotos só nossas, fotos desde crianças até hoje. Sinceramente, eu não sou o tipo de pessoa que consegue deixar essas memórias todas apenas no digital, sinto falta do papel...

  Fui procurar a caixa... Me dei conta de quanta coisa guardada eu tinha em casa. Não são coisas que ocupam tanto espaço assim mas mesmo assim, ainda são muitas coisas. Finalmente achei! Uma caixa laranja com pequenos desenhos de tulipas. Coloquei-a sobre a mesa.

  O tempo não demorou a passar enquanto eu meio que organizava a casa, tomei um banho rápido e a melhor das produções para uma noite com a melhor amiga: pijama!

  A campainha tocou. Me apressei para atendê-la e, lá estava Lisa também: de pijamas!E com umas cinco sacolas de mercado. Acho que pelo tanto de coisas que haviam ali dentro poderíamos passar quase que a semana mas tudo bem. Ajudei ela com as sacolas e colocamos sobre a bancada da cozinha.

  Ela então me olhou com seus olhos castanhos que brilhavam e abriu um sorriso, me abraçou e disse:

  - Me conta tudo! Eu falei pra você que ele estava na cidade não falei?! Você que o procurou?! Você passou essas horas todas com ele safadinha?! - e ia rindo e tirando as coisas da sacola.

  Que exagero ela pensar isso, ou não! Bom, contei a ela os últimos acontecimentos e logo me prontifiquei a explicar que a parte da tarde de hoje estava trabalhando. Ela me olhava com um rosto terno sem me interromper, me sentia contando uma história para uma criança antes de dormir. Enquanto conversávamos fomos preparando as coisas, decidimos maratonar série.

  Logo que levamos as coisas para a sala ela viu sobre a mesa a caixa de fotos. Colocou a bandeja ao lado e sentou-se no sofá apanhando a caixa.

  - Você ainda tem todas! Nossa Mel, quantos anos já... Você é a irmã que eu não tive sabia?! Na verdade, acho que minha mãe não aturaria nós duas se fôssemos irmãs de sangue rs.

  - Isso é verdade, nós éramos terríveis não é?! Apesar que você sempre foi uma boa filha, sua mãe é um amor! Ainda lembro dos pedaços de bolo que ela mandava a mais no seu lanche pra mim. - fui levando minha bandeja e a coloquei ao lado da dela me sentando também. Ela passava as fotos e me entregava falando quais eram suas favoritas. Separei todas sobre a mesa num montinho e bebi um gole do chocolate quente vendo a empolgação dela com as fotos. Daquele dia, além da foto com nós quatro havia uma foto apenas de nós duas, abraçadas. Ela parou ali e me disse:

A imagem pode conter: planta e flor

  - De todas as fotos eu detesto essa sabia? - Lisa engoliu em seco também bebendo um gole do seu chocolate. - Odeio tanto mas agradeço cada dia por ainda ter você e me sinto uma cega de não ter notado.

  Eu estava completamente nostálgica. Liguei a tv, a Netflix e escolhi 'Girlboss'. Notei que Lisa mal olhou para a tv, eu sabia que aquele dia mudara muito nossas vidas, não apenas a minha mas a deles também. Tirei a foto da mão dela, e peguei uma caneta, virei a foto e escrevi: "O dia em que o universo me mostrou motivos bons para continuar e me deu uma nova chance, o dia em que mesmo cometendo erros me senti amada pelas pessoas mais importantes da minha vida. Lisa e eu, amigas e irmãs." e entrei a ela para ler.

  - Você é uma boba Mel! Mas eu ainda te amo mesmo assim! - finalmente Lisa se atentara a tv e, vendo a série no pause comentou - Ah sim! Estava doida para ver essa, acho que não vamos dormir essa noite né? Ainda bem que trouxe todo o arsenal de coisas gostosas para comermos!

  Lisa pegou as fotos sobre a mesa para guardá-las. É, ela era meu oposto, bem mais organizada - 'deixe-as aí, depois as guardo, vou separá-las' - falei enquanto entregava a caneca novamente para ela e a vasilha de marshmallows. Logo dei play na série.

  Lá pra metade do terceiro episódio acho que nós duas já estávamos mais que cheias, afinal, a janta virou chocolate quente, marshmallows e Doritos. Esparramadas no sofá, uma com a cabeça encostada na outra.

  - Lis... as fotos são suas viu? - falei apontando para as que ela havia separado. Ela me olhou meio sem entender - Mas são suas! Não vou aceitar! - retrucou. - Claro que vai, você deve, mania de fazer desfeita! - e eu ria e a abracei com força. - Acho que estou meio chorona demais hoje, acho que vocês fazem isso comigo mas eu sei que essas fotos estarão em boas mãos e sem você elas não existiriam. Você é minha melhor amiga, você esteve comigo... sempre?! Você é a pessoa mais companheira que eu tenho na vida, você, sua família, sempre foram mais minha família do que a minha... Já te falei isso né?!

  Agora via uma Lisa chorando na minha frente me fazendo cafuné enquanto respondia - sim, mas eu gosto quando você me lembra disso...

  E nessa noite, após uma maratona de Girlboss parecíamos duas crianças ainda enquanto jogávamos o travesseiro uma na outra e dançávamos em cima da cama com bons clássicos dos anos 90. Sim, eu não menti quando disse que estava nostálgica, mas eu tinha você sempre, minha amiga, minha irmã de coração e alma e, a volta do Dante me fez lembrar dessas coisas, de como você é importante na minha vida e o quanto você este lá por mim e eu queria poder ser para você essa amiga incrível e essa mulher que admiro...


  A imagem do desafio é a que ilustra o post e a palavra era companheirismo. O que vocês estão achando da história metamorphyos? Estão gostando? O que acharam da Lisa? Me contem ^^

Beijos e até!

16 comentários:

  1. Eu nunca tive uma melhor amiga que não traisse minha confiança ou amizades longas e esse texto me fez sentir um pouco do que seria se eu tivesse.
    Adorei sua escrita, miga <3 Não sei nem o que dizer.
    Aliás, sei, toda a felicidade do mundo, todos os dias <3
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela <3 não fala assim, que me sinto mal =/ eu não sei se fico feliz agora pq vc gostou ou triste =/ desculpa o sumiço, eu preciso colocar seus posts e vídeos em dia. Saudades de vc <3 beijos amiga e felicidades e luz pra ti sempre <3

      Excluir
  2. Gostei da história!
    Parabéns pela ideia, muito boa.
    E quanto a Lisa, sei nem o que dizer ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thai ^^ td bem ctg^^? Fico feliz que tenha gostado ^^ beijos beijos!

      Excluir
  3. Oi, legal, gostei da história de Lisa, mas o que chamou a atenção no seu post foi que a escreveu para um desafio em um grupo. Interessante. Não sei se conseguiria, mas seria um ótimo exercício, rs.

    Parabéns pelo belo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rob, td bem ctg ^^?! Sim, a ideia é usar esse desafio para conseguir criar a história linear ^^ Confere depois as outras partes ^^ beijos!

      Excluir
  4. Muito bom o texto! Amei a maneira como você descreve as personagens. Vou querer ler as outras partes da sua história.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mari ^^ td bem ctg?! Fico feliz que tenha gostado <3 Se puder ler vou ficar imensamente feliz e espero que goste viu?! Beijos beijos!

      Excluir
  5. Olá!
    Embora já siga o seu blog, penso que nunca tinha lido nada por aqui e devo dizer que achei um mimo já de inicio! Também gostei muito da sua escrita e ao ler esse textinho, que ainda não sei bem em que se insere (mas já vou ver as outras partes para perceber tudinho!) pensei bastante na minha melhor amiga, não sei porquê :p
    Gostei ;) Vou voltar, com certeza!
    Beijos

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bea, td bem ctg?! ^^ Own, fico tão feliz em saber disso <3 Eu pensei mt numa amiga mt querida pra elaborar a Lisa. Ficaria extremamente feliz se você acompanhar essa história que estou criando <3 obrigada pelo carinho! beijos linda!

      Excluir
  6. Depois de ler esse texto incrível, fiquei morrendo de vontade ter uma melhor amiga, coisa que nunca tive...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa, td bem ctg?! Melhores amigos são joias raras que encontramos na vida, são bem difíceis de se achar mas vale mt quando encontramos ^^ fico feliz que tenha gostado do texto e espere, quando vc menos esperar seu melhor amigo irá surgir =D beijos linda!

      Excluir
  7. Parabéns!Estou adorando a história! Lendo seu texto de hoje, voltei alguns anos e me lembrei de uma amiga inseparável dos meus 14 anos e de tudo que fazíamos juntas! Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cíntia! Tudo bem ctg?! Nossa <3 fico imensamente feliz que vc esteja acompanhando e gostando, isso é mt importante pra mim! Algumas amizades marcam muito nossa vida não é?! Beijos linda!

      Excluir
  8. Oi. Gostei da história e da Liza também. Amiga pra vida tida está difícil hoje em dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Quel! Tudo bem ctg?! Que bom que gostou, fico mt feliz com isso! ^^ Sim, mt difícil mesmo mas, ainda há dessas joias raras perdidas por aí que temos a sorte de encontrar não ^^?! Abraços!

      Excluir

Olá metamorphyo! Se você chegou até aqui, obrigada por ler o post! Comente aqui o que você achou, se gostou ou não, algo que faltou, sugestões, críticas... Vamos conversar a respeito! Afinal, sua opinião é muito importante para nós. Ah sim! Pode comentar e ative a notificação; pois, sempre respondemos os comentário - normalmente aos finais de semana <3!