terça-feira, 31 de outubro de 2017

Texto: Despedida...

  Olá metamorphyos! Como vocês estão?! Hoje o post é texto autoral, então, vem comigo conferir o texto que preparei para vocês hoje nesse desafio imagem/palavra!
  Antes de começar o texto metamorphyo, dá o play na música abaixo e boa leitura <3
  Ainda é primavera e da janela do nosso apartamento consigo ver a copa das árvores no parque: todas fartas, repleta de flores. Vez ou outra um passarinho pousa na jardineira da janela da sala. E o vento? Vez ou outra faz com que seu perfume inunde este local, sabia?

  Estou aqui, sentado, observando tudo à minha volta. Parece que o tempo anda correndo mais rápido, acho que ando mais cansado. Por incrível que pareça nosso filho está dormindo e ele é tão esperto. Acho que poderia ficar olhando para ele o dia inteiro. Bom, menos hoje mais cedo, ele disse que queria me colocar numa caixinha bem amassadinho e apertado para me levar aonde fosse.

  Pego o telefone no bolso e começo a passar as fotos. São tantas. Neve... Você odeia neve. Reclama do frio. Mas me lembro o quão maravilhada você ficou com a vista. Você correu e me puxou. Quem diria que no ano seguinte nos casaríamos e você estaria grávida?
  Sinto a respiração pesar... Passo novamente as fotos. Achei uma dos seus votos de casamento:

  "... Quem diria hein? Você sempre tão avoado e eu, a cdf... Ao menos éramos assim quando nos conhecemos no colégio. Sabe, eu me apaixonei por você minutos após aquelas batatinhas fritas do almoço, afinal, você não julgou minha paixão por Dungeons and Dragons. Você se tornou meu melhor amigo, você afastou todos os medos, você esteve comigo nos momentos bons e ruins. Você esteve comigo quando Bob se foi - e Bob abanava mais o rabo quando você chegava do que quando era eu! Nesses anos todos você tem sido minha base, fez com que eu sempre desse o meu melhor, me esforçasse e mesmo quando eu chorava e queria abandonar tudo, você era firme e me ajudava a levantar... Você acabou com qualquer insegurança... Você é meu príncipe encantado! Mentira, nunca confiei em príncipes. Mas você é meu valente mago, pronto para disparar bolas de fogo em qualquer inimigo! Eu agradeço pelo momento em que você entrou em minha vida. Agradeço pela família que você me deu (...) e para finalizar, bom, essa é o meu presente de casamento para você..." Havia uma foto de teste de gravidez colado nos votos.

  Três meses depois você sofreu um aborto. Me lembro de te ver chorando quietinha no canto da cozinha. Me senti tão impotente naquele momento. Eu queria poder fazer algo, tirar a tristeza e a dor que você estava sentindo. Eu a sentia, mas para você... Sei que foi devastador.

  Dois anos se passaram, você parecia haver superado. E então, aquela notícia novamente. Outro teste positivo. AH, você ficava radiante. A grávida mais linda. E daí Lucas veio ao mundo. Você cuidava dele com tanto zelo, com tamanha maestria, e eu, cada vez que o pegava no colo achava que ele iria derreter por meus dedos de tão molinho. Você ria disso.

  Mas daí... Naquela noite de Halloween, você havia se vestido de Beetlejuice, Lucas era um mini zumbizinho e iríamos jantar. Então do nada, você se sentou, levou a mão ao peito e dizia não conseguir respirar... Eu não quero me lembrar... Foi tudo tão rápido. Os médicos me disseram que fizeram tudo o que podiam e aos vinte seis anos você nos deixou... Eles falaram que havia uma falha no seu coração e por algum motivo você nunca apresentara nada.

  Eu não sabia o que fazer sem você. Como cuidaria do nosso filho? E te colocar naquele caixão foi como me enterrar junto.

  Ainda não consigo entender. Hoje fazem dois anos que você se foi. Nunca mais consegui ver a noite de Halloween do mesmo modo. Mas você dizia que eu lhe apoiava, que eu afastava seus medos, suas inseguranças. Bem, meu amor, você tinha o mesmo poder sobre mim e, por isso, cada vez que olho para Lucas vejo você: seus olhos, seu sorriso, até mesmo o modo como ele vira a cabeça e daí eu tiro forçar para seguir cada dia. Quero que saiba, onde quer que esteja que eu não vou chorar mais, e sim agradecer por cada minuto que pudemos estar juntos, por ter tido a chance de te amar e por você ter me dado o bem mais valioso da minha vida... E me perdoe, eu lembro o quanto você amava esta data, então direi a Lucas quando ele entender que você partiu um dia antes tudo bem? Quero que ele sorria tanto quanto você sorria quando se fantasiava.


  Esse texto faz parte do desafio Imagem/Palavra do grupo Interative-se. A imagem para inspiração do post é a que ilustra este e a palavra era 'insegurança'.

  Espero que tenham gostado do texto metamorphyos! Me contem o que acharam! E aqui encerramos nosso BEDO, no próximo post falo um pouquinho mais sobre isso. Obrigada a todos que nos acompanharam esse mês <3

Beijos e até!


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

É Hora do Duelo! Filme: IT (1990) x IT (2017)

  Olá metamorphyos! Como vocês estão?! Vamos a um duelo de gigantes: nossas duas versões de IT do mestre Stephen King. Então, vem comigo pois vou falar o que achei de cada uma das versões lançadas.

domingo, 29 de outubro de 2017

TAG: Louca dos Signos

   Olá, metamorphyos! Hoje vamos de tag literária! Eu, que sempre foi a própria louca da astrologia, trouxe para vocês minhas respostas com indicações de livros para cada um dos signos. Vem comigo! <3

sábado, 28 de outubro de 2017

PhoTWOgraphy - Identidade

  Olá metamorphyos! Como vocês estão?! Hoje é categoria e projeto novo de post: PhoTWOgraphy. Quer saber o que é isso? Então continua comigo e vem conferir!